Livros · Resenha

RESENHA: O Orfanato da srta. Peregrine para crianças peculiares

Oi gente, tudo bem?

Eu terminei de ler o livro há um tempinho e gostei bastante da narrativa, não é tão inovadora quanto eu esperava, mas é uma boa história. O livro é bem curto e repleto de fotos bem interessantes, acho que essas imagens ajudam a complementar o ar sombrio da história. É uma bela edição, isso eu não posso negar. Gostei bastante da diagramação, do mix imagens + história e as cores internas do livro, que deixaram tudo dark.

img_1621

História: Jacob é um garoto comum, mas tem um avô bem incomum que adora contar histórias sobre seu passado sombrio, como a guerra e um orfanato repleto de crianças peculiares, com poderes inacreditáveis. Obviamente o menino não acredita de primeira nas histórias que seu avô lhe contava com tantos detalhes, mas quando o avô dá adeus a este mundo, Jake começa a perceber que talvez tudo não fosse apenas um conto de fadas. Ele começa a se consultar com um psicólogo, pois insiste em afirmar que viu algo bizarro no dia em que seu avô faleceu.
É então que ele tem a brilhante ideia de visitar o País de Gales e ir até o orfanato do qual seu avô tanto falara, o que ele não esperava era encontrar um lugar abandonado e cheio de poeira. Todo mundo no pequeno vilarejo insiste em afirmar que o lugar foi bombardeado no dia 03 de setembro de 1940, durante a segunda guerra mundial. Jake fica desolado, mas isso não basta para segurar um menino de 16 anos muito assustado. Ele continua a fazer suas excursões pela casa, até que um dia algo muito estranho acontece… Ele segue uma menina até o ano de 1940. Isso mesmo. Por uma fenda do tempo e é então que conhecemos as famosas crianças peculiares e o mundo caótico em que vivem. Repleto de medo e terror. Será que a chegada de Jake pode finalmente mudar o destino das crianças? Ou elas iram viver para sempre embaixo da asa da srta. Peregrine?! (hehe)

img_1623

Demora bastante para que Jacob encontre as crianças no livro, mas ler toda sua jornada em busca do orfanato foi muito interessante. O livro contou com uma introdução bem intensa e não deixou falhas para o leitor encontrar. Fiquei bem empolgada para ler a continuação, ainda que não tenha me surpreendido tanto com o desenrolar e o final do primeiro volume. Uma coisa que me impressionou muito foi a criatividade do autor para criar uma história baseada em fotos surpreendentes, essa parte foi beeeem diferente.

O livro também apresenta muitos personagens, e por ser bem curto, o autor não se aprofunda muito na história de cada um, esse é um ponto que eu espero encontrar nos próximos livros. Nunca gostei muito de personagens rasos e sem passado, acho que eles têm muito potencial. Ah, a srta. Peregrine é uma personagem que me deixou bem feliz, ela é tudo o que eu esperava, meio durona e amável ao mesmo tempo. As figuras femininas desse livro são incríveis, Riggs não deixou a desejar quanto à força feminina nem agora, nem no século passado haha.

img_1625

***Sobre o filme: Tim Burton não chegou nem perto de ler o livro. Sinto muito, mas é a verdade.

Título original: Miss Peregrine’s home for peculiar children / Autor: Ranson Riggs / Nº de páginas: 336 /Editora: Leya / Ano: 2015 /  ISBN: 9788544102848
3foninhos

Isabela

Anúncios

4 comentários em “RESENHA: O Orfanato da srta. Peregrine para crianças peculiares

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s