Anime · Conheça! · Especial

ANIME: Death Note

Death Note banner

Mês passado, pois é já estamos em maio, foi anunciado que a Netflix comprou os direitos de adaptar o anime/mangá Death Note, que antes estava nas mãos  da Warner Bros. Como todos nós sabemos as produções da Netflix são incríveis, então podemos esperar uma adaptação de qualidade da história de Raito/Light Yagami. E se você não conhece essa história, não se preocupe, porque esse post foi pensando exatamente em você.

Se você é uma daquelas pessoas que pensam que todos os animes/mangás são iguais com histórias bonitinhas ou sempre no estilo Dragon Ball ou Naruto, você está muito enganado. Nem todos os animes são assim e muitos deles envolvem seres sobrenaturais e contam histórias sobre manipulação e morte. E isso é uma das coisas que encontramos na trama de Death Note. Antes de falar um pouco sobre a história um aviso: assisti o anime em japonês, por isso chamo o personagem principal de Raito e não de Light como na versão dublada ou em inglês.

Raito e Ryuk

A história se passa no Japão, obviamente, e o jovem estudante Raito Yagami vê pela janela de sua classe um caderno caindo. No final da aula, Raito encontra o caderno que tem escrito em sua capa Death Note e, mesmo achando idiota, o adolescente leva o objeto para casa. É lá que ele lê as primeiras regras dentro do caderno e a frase ”a pessoa que tiver seu nome escrito neste caderno deverá morrer”, mas o estudante não acredita até ver a transmissão ao vivo de um homem que está mantendo crianças reféns e decide testar a autenticidade do caderno. Ao ter confirmação de que os poderes do caderno são reais, o estudante fica assustado e somente depois toma uma decisão sobre como aproveitar esse poder.

O que Raito não imaginava era que o caderno pertencia a um shinigami (Deus da morte) chamado Ryuk, que resolve fazer uma visita cinco dias após o adolescente encontrar o caderno. Mas diferente do que Raito esperava, o shinigami não perdeu o caderno, ele simplesmente o jogou no mundo dos humanos porque estava entediado e queria saber o que aconteceria caso alguém o encontrasse. É assim que o estudante descobre mais sobre o caderno, que ele é o único que pode ver Ryuk e que, enquanto Raito estiver vivo, o caderno lhe pertence. No fim ele e o shinigami fazem um acordo: no momento certo, será Ryuk quem irá escrever o nome de Raito no Death Note.

Raito e L 2

Só que Raito não foi o único que se espantou com a visita do shinigami, o próprio Deus da morte se surpreendeu ao ver o número de mortes que o estudante causou em apenas cinco dias e ficou feliz ao perceber que sua temporada no mundo dos humanos seria divertida quando Raito disse que pretendia se tornar o Deus do Novo Mundo, onde apenas pessoas boas viveriam e a más teriam seu nome no caderno.

O número de bandidos/assassinos mortos nos cinco dias foi tão assustador que a polícia chamou um detetive particular para descobrir como as mortes estavam ocorrendo. E é assim que Raito recebe o nome de Kira (killer/matador) e conhece seu inimigo L. Um detetive misterioso e tão inteligente quanto o estudante, que declara publicamente que irá descobrir a identidade de Kira. Ao mesmo tempo Raito diz que irá descobrir quem é L para escrever seu nome no Death Note. E assim começa a perseguição pela justiça de cada um.

Misa e L

Durante a história novos personagens aparecem, inclusive um novo shinigami e um novo Kira. Percebemos como a sede pelo poder transforma as pessoas e vemos do que cada um é capaz para possuí-lo ou mantê-lo. A manipulação psicológica, mortes e traições também são alguns dos elementos do anime, que de uma maneira acaba demonstrando como é o mundo humano verdadeiramente. Tanto que fica impossível não concorda com Ryuk quando ele fala que o mundo é podre.

Death Note vai além da fantasia. É uma história que nos faz questionar e pensar nas estratégias de cada personagem. A batalha de estratégias entre Raito e L nos coloca em dúvida de quais são seus verdadeiros planos e sobre quem irá vencer.’‘Eu sou a justiça” dizem ambos ao mesmo tempo em um episódio. Matar pessoas é errado, mas matar pessoas que matam pessoas é errado? De um lado temos Raito que acredita que não é errado e do outro L que acredita que é sim e que nós não somos deuses para julgar os outros. É por isso que Death Note é mais do que um simples anime, é uma reflexão sobre o mundo, nossos princípios e principalmente sobre o que consideramos justiça.

Kira

Death Note
tem apenas uma temporada de 37 episódios e você pode assistir na Netflix. O mangá ganhou uma nova versão com capas pretas aqui no Brasil pela editora JBC.

Espero que vocês tenham gostado de saber sobre o anime e que isso tenha deixado uma ansiedade para ver como a Netflix fará o filme.

***

Obrigada por nos seguir!

Já conhece todas as nossas redes sociais?

Facebook: Fones e Páginas Amarelas

Instagram, twitter e snapchat: fonesamarelos ❤

Post por

Anúncios

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s