Livros · Resenha

Resenha: A Christmas Carol

A Christmas Carol
O clima natalino continua aqui no blog, por isso a resenha de hoje é de um clássico de Natal escrito por Charles Dickens.  A Christmas Carol foi o segundo livro em inglês que eu li e um pedido da minha professora, que queria fazer um debate na classe sobre um livro. Essa é até uma dica pra quem quer aperfeiçoar o seu inglês fazendo o que mais ama, ler. Já tinha assistido algumas adaptações dessa história, mas, como sempre, o livro é muito melhor.

RESENHA:
Ebenezer Scrooge odeia o Natal. Ele odeia as pessoas cantando na rua, nunca aceita o convite de seu sobrinho para ficar com sua família e, mesmo sendo muito rico, se recusa a doar dinheiro para uma instituição. Para Scrooge algumas pessoas deveriam morrer para acabar com a super população. Nem mesmo a felicidade de seu empregado Bob faz com que ele se sinta bem em comemorar o Natal e, embora ache um absurdo as pessoas não trabalharem nesse dia, Scrooge o deixa ter uma folga. Avarento, mau-humorado e sem amor, ou compaixão pelo próximo, Scrooge é um senhor aparentemente sem chances de se tornar um ser humano melhor. Quando vai para sua solitária mansão, Scrooge faz as mesmas coisas de sempre, janta e vai para seu quarto se sentar na frente da lareira. Mas nesse dia um barulho estranho chamou sua atenção e quando ele menos esperava, Jacob Marley apareceu em seu quarto, o que era muito estranho porque faziam 7 anos que Marley morreu.

O fantasma de Marley, carregando várias correntes,  diz que veio para ajudar o antigo sócio, Scrooge. Mesmo estando assustado e com medo, Scrooge ouve com atenção tudo o que o espírito tem a dizer. Marley conta que é obrigado a carregar as correntes porque quando estava vivo gastou seu tempo se preocupando com dinheiro e nunca ajudava as pessoas ao seu redor. Ele também diz que Scrooge vai ter a chance que não teve e que para isso ele vai receber a visita de três espíritos em três noites, na badalada do relógio. Sendo essa a única chance de Scrooge mudar e ter o descanso que Marley não tem desde que morreu. Quando o fantasma de Marley vai embora Scrooge toma um susto ao perceber que tem vários espíritos pela cidade. Mais assustado do que antes, ele fecha sua janela esperando a visita do primeiro espírito, ou que tudo não passasse de um pesadelo.

A Christmas Carol
A história é contada em 5 partes, a aparição de Jacob Marley, de cada espírito e o fim de tudo. Foi muito bom ler algo de Natal perto dessa época que eu amo, bem diferente do Scrooge. Principalmente porque essa história tem muito para ensinar, como  valorizar os momentos felizes da vida, os mais simples e aproveitar o tempo com aqueles que amamos. Coisas que não fazemos no dia-a-dia, mas que podemos, pelo menos tentar, nessa data tão linda que é o Natal.

É muito perceptível a mudança de Scrooge no decorrer da história e de acordo com o que os espíritos mostram para ele. Acredito que é possível mudar quando percebemos quem nós eramos e nos perguntamos se aquela criança teria orgulho de quem nos tornamos. Foi o que eu pensei enquanto lia e me lembrava dos meus Natais passados e imaginava como vão ser os futuros. Será que a menina que ficava esperando o Papai Noel teria orgulho da adolescente de agora? Será que a menina e a adolescente terão orgulho da adulta que vou me tornar?

A CHRISTMAS CAROL
Autor: Charles Dickens
Editora: Fall River Press
Páginas: 111

Por: Yasmim Bragaia

Anúncios

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s