Resenha

RESENHA: O Lado Bom da Vida

O lado bom da vida livro
Depois de, quase, um ano na fila dos livros, chegou a vez de O Lado Bom da Vida. A vez do livro pode ter demorado, mas assim que comecei a ler não parei. Li em dois dias, só porque o sono me venceu às 3h. O livro e sua adaptação cinematográfica foram um sucesso, tanto que Jennifer Lawrence ganhou um Oscar pela sua atuação como Tiffany.

RESENHA:
Pat está no lugar ruim e sua mãe vai buscá-lo. O que ele mais quer fazer é reencontrar sua esposa Nikki, mas tem que esperar pelo tempo separados. E é com a esperança de que esse tempo acabe que Pat volta para a casa dos pais. Mesmo com o pai o ignorando Pat fica feliz de ver que a mãe montou uma academia para ele no porão. Fazer exercícios se torna sua rotina diária, com uma mudança nas sextas-feiras. Porque Pat tem que ir no terapeuta. Na primeira consulta ele descobre que o Dr. Patel é diferente do médico do lugar ruim. Isso faz com que ele goste do Dr. Patel, tanto que eles se tornam amigos e Pat começa a chamar seu terapeuta pelo nome, Cliff. Alguns reencontros começam no dia do jogo do Eagles, time de futebol americano que Pat, seu irmão Jake e o pai, fanático, torcem. Jake aparece para se juntar a família e dar uma camisa oficial do jogador novato dos Eagles, Hank Baskett, para Pat. E é essa camisa que ele usa quando assiste todos os jogos do time.

Mesmo vendo o Eagles jogando, se consultando com Cliff e se exercitando todos os dias, Pat não para de pensar em Nikki e em como está se tornando uma pessoa melhor para ela. Só que ele não pode ir atrás da mulher, por causa do tempo separado e ninguém da sua família fala sobre ela. Em um jantar na casa de seu amigo Ronnie e sua esposa Veronica, Pat conhece a filha do casal, Emily, e descobre que a irmã de Veronica também vai estar no jantar. Ele se lembra que Tiffany, irmã de Veronica, é casada, mas Ronnie diz que o marido dela morreu a algum tempo. Depois do jantar Tiffany diz que Pat vai levá-la para casa, mesmo que ele não tenha se oferecido. Na porta da casa dela, os dois tem um momento estranho no qual terminam abraçados e chorando.

O lado bom da vida desenho
É impossível você não gostar de Pat e querer saber o que aconteceu com ele para o colocarem em uma clínica. Principalmente quando descobrimos, junto com ele, que não foram só meses que se passaram. Os capítulos do livro não são longos, alguns tem só uma página e a escrita de Matthew Quick é leve. A história me cativou nos primeiros capítulos, tanto que foi difícil desgrudar do livro.

Quando Tiffany falou sobre sua vida e eu já sabia o que aconteceu com o Pat, foi impossível segurar a vontade de ver os dois juntos. Não como um casal de namorados felizes para sempre, mas como duas pessoas que passaram por um momento difícil e que precisam de alguém que as entenda verdadeiramente para recomeçarem suas vidas sabendo que tem alguém do seu lado.

O LADO BOM DA VIDA 
Título original: The Silver Linings Playbook
Autor: Matthew Quick
Editora: Intrínseca
Páginas: 254

Por: Yasmim Bragaia

Anúncios

Um comentário em “RESENHA: O Lado Bom da Vida

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s