Livros · Resenha

RESENHA: Diários de Stefan – Sede de sangue

RESENHA: Diários de Stefan - Sede de sangue

Oi pessoal, ontem eu já comecei a divulgar o blog e disse que hoje mesmo já teria post. Estamos aprendendo a usar tudo por aqui, mas não vamos deixar parado. Enfim, hoje é terça-feira e toda terça vai ter resenha de algum livro que eu já li, ou queira indicar ou que eu acho que vai ser legal, mas só li a sinopse.

O livro que eu escolhi essa semana foi o segundo da série ”Diários de Stefan” porque eu amo a série (TV), mas eu também gosto muito de ler os livros. Escolhi o segundo pois acabei de ler e ainda está bem fresquinho na minha mente.

Um breve comentário sobre o primeiro: Stefan e Damon Salvatore são irmãos. Eles são realmente muito unidos e enquanto Damon está no ”exército”, Stefan está em Veritas, que é a propriedade da família deles. Como em todo romance, tem que aparecer uma garota, mas como em todo romance que se preze, essa garota tem que fazer dois caras se apaixonarem por ela, criando um grande conflito, vulgo triângulo amoroso. Só que para piorar essa garota é uma vampira (bem velhinha hehe) chamada Katherine, que quer os dois a todo custo. No desenrolar da história acontecem muitas coisas (leiam, leiam!) e o Stefan fica noivo de uma outra garota, mas ele ama a Kath (ou é o que ele pensa)… enfim, muitas coisas acontecem (talvez eu faça resenha do primeiro volume um dia).

Agora vamos ao que interessa. No segundo livro da série (sede de sangue), Stefan e Damon já foram transformados em vampiros (com o sangue da lindinha da Katherine, é claro). Stefan acaba por matar seu pai e a cidade está cheia de caçadores, então os dois optam por fugir de Mystic Falls para New Orleans, onde Stefan conhece a vampira Lexi (sua futura melhor amiga, yey!) e Damon acaba sendo raptado pelo circo (basicamente começa a ser tratado como bichinho de estimação e fica muito fraco, poor Damon).

Bom, Damon está em uma fase de negação, não quer ser uma vampiro e acha a ideia repugnante, mas Stefan insiste em dizer que o novo Poder é como um mundo de novas oportunidades (acho que é uma das poucas vezes que o Stefan diz algo do tipo ”Poder é mais importante do que qualquer outra coisa”). Apesar do desejo constante de Damon pela morte e pela libertação, Stefan deseja salvá-lo, então envolve-se com Callie, a filha do dono do circo. A menina descobre que ele é um vampiro, mas ainda assim o aceita (porque quer ser vampira também, claro, por que não?), criando todo o ar romântico da história. O que acontece no final eu não vou contar, mas leiam.

O segundo volume da série é tão bom quanto o primeiro e é tão curtinho que você lê em uma tarde. L.J. Smith sabe como entreter o leitor e criar um universo em poucas páginas. Se você não conhece a série, procure por The vampire diaries. É bem diferente dos livros (Os 04 principais), mas nela há muitas citações da história escrita.

Páginas: 176 / Autora: L.J. Smith / Editora: Galera Record / Ano: 2012 / Volume: 02

Beijinhos.

Por: Isabela Sobo

Anúncios

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s